• Time Whywaste

Precificação dinâmica em produtos próximos ao vencimento.




Quem pega Uber com certa frequência já vivenciou mudanças repentinas nos preços de uma mesma viagem a depender do momento em que fez uma chamada. Em horário de alta demanda por viagens e pouca oferta de veículos, os valores das corridas tendem a subir. Por outro lado, quando há grande oferta de carros e pouca demanda de passageiros, os preços tendem a cair. Essa variação nos preços a depender da oferta e procura chama-se precificação dinâmica e trata-se de algo que já existe há bastante tempo.


Há mais de um século atrás, era bastante normal no varejo preços serem inflacionados se um produto tivesse estoque baixo e alta procura, e caiam da mesma forma se tivessem uma oferta alta e baixa procura.

Com o passar do tempo, as lojas cresceram e passaram a comercializar uma quantidade muito maior de produtos e essa nova dinâmica tornou a estratégia de preços dinâmicos ineficiente e difícil de acompanhar. Passou-se então a ser comum o desconto estático, que por sua vez economizou tempo e esforço, tornando-se padrão. Então nos anos 80, algo aconteceu. Os sistemas de preços das companhias aéreas foram desregulados e as companhias aéreas foram autorizadas a definir os preços como quisessem. A indústria começou então a investir pesado em programas de computador capazes de dinamizar a precificação das passagens aéreas. O resultado foi um grande sucesso e outras indústrias como hotéis e alugueis de carros passaram também a ser grandes usuários de tal tecnologia. Por fim a precificação dinâmica foi responsável em garantir melhores taxas de ocupação em aviões, hotéis e até teatros.

A internet e o ecommerce levaram isso ainda mais longe e agora a precificação dinâmica é utilizada em todos os tipos de varejo online. Apesar do histórico de sucesso, a precificação dinâmica ainda não é utilizada de forma massiva no varejo offline. Acreditamos porém que isso é questão de tempo. Abaixo, por exemplo, listamos três ganhos já comprovados nos varejos offline que fazem uso de tal tecnologia nas remarcações de produtos do nosso nicho de atuação, no caso próximos ao vencimento:

1. IA calcula automaticamente o desconto ideal para cada produto em data crítica. Isso elimina a necessidade da solicitação de rebaixas serem encaminhadas pelas lojas ao setor comercial ou de pricing para análise.

2. O novo desconto é definifo levando em consideração giro necessário que o produto em data crítica precisa atingir para antes de atingir seu vencimento porém avaliando o máximo de margem a ser resguardada.


3. Se você faz uso de etiquetas eletrônicas em sua loja, os preços dos produtos em data crítica podem ser atualizados várias vezes por dia.


A precificação dinâmica é uma estratégia de preços que vem ajudando grandes redes do varejo de alimento offiline a reduzirem o desperdício de alimentos, transformar perdas potenciais em vendas reais ao mesmo tempo em que resguarda a margem de lucro.

Atualmente uma grande quantidade de comida perfeitamente boa vai para o lixo sem sequer ter passado por uma ação promocional. Ou quando passa por remarcação, ela ocorre no momento errado ou então faz-se uso de uma taxa de desconto equivocada..


Ao definir dinamicamente os preços com o auxílio da inteligencia artificial, milhares de variaveis passam a ser levadas em consideração no momento da definição do desconto que será submetido ao produto em data crítica. Além disso sua empresa ganha escala no processo de precificação reduzindo o tempo dedicado dos executivos da área comercial ou de pricing na revisão e elaboração dos novos preços. Como resultado, você eleva a chance de encontrar o melhor momento de promocionar o seu item em data crítica e a de definir a melhor taxa de desconto, aumentando a eficácia de suas promoções e consequentemente, reduzindo ou até mesmo eliminando o vencimento de produtos em sua gôndola. A precificação dinânica é mais uma solução dentro do arsenal de soluções que a Whywaste tem para ajudar sua empresa na busca pela perda zero. Entre em contato conosco e agende sua demonstração.

11 visualizações0 comentário